Jornalismo verdade é aqui

“Parece que o Flávio é o maior bandido da Terra”, diz Bolsonaro sobre investigações

Bolsonaro falou sobre denúncias ao filho

Presidente disse no Brasil Urgente que usam o filho para atingi-lo

Questionado em entrevista ao Brasil Urgente sobre a acusação de que a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) pode ter produzido relatórios que ajudaram a defesa do senador Flávio Bolsonaro, o presidente Jair Bolsonaro pediu um “tratamento justo” ao filho.

Leia mais
Não vou tomar vacina e ponto final, diz Bolsonaro

Bolsonaro exalta “relação menos agressiva” com EUA

“Independentemente de ser o meu filho, precisa ver se tem a ver com ele. Torço por um processo justo e em alguns casos isso não está sendo feito”, disse o presidente.

Bolsonaro acusou membros do Ministério Público do Rio de Janeiro de até vazarem informações para a imprensa com o intuito de reproduzir notícias negativas do filho. “E fazem isso para me atingir. Não só com o Flávio, mas com mulher, ex-mulheres, outros filhos e amigos”.

O presidente citou o próprio caso Fabrício Queiroz, no qual o filho é investigado e que envolve a suspeita com a Abin. Para Bolsonaro, o antigo aliado “não foi ouvido ainda até hoje” e já foi condenado sem o processo ter sido concluído.

Inscreva-se no Canal do Datena no YouTube

“É uma pressão que fazem em cima do meu filho para me atingir (…) Parece que o maior bandido da Terra é o Flávio Bolsonaro”, criticou.

Assista à entrevista completa: