Jornalismo verdade é aqui

Coordenadora de saúde diz que Taquarituba não tem estrutura para atender todas as vítimas

Acidente entre ônibus e caminhão

“Muitos pacientes estão com fraturas múltiplas e vão ter que passar por cirurgias em centros mais complexos”, explicou

A coordenadora de Saúde de Taquarituba, Nataly Fonseca, disse nesta quarta-feira (25) à Rádio Bandeirantes que os hospitais da região não têm condições de atender todas as vítimas do acidente que aconteceu entre um ônibus e um caminhão nesta manhã na rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, região de Avaré.

Leia mais
Moradores relatam falta de fiscalização e policiamento em rodovia
Pai e filha morreram em colisão na mesma rodovia no mês passado

“Não tenho palavras. Durante todo esse tempo atuando na área da saúde, nunca presenciei isso. É muito triste (…). Não temos estrutura para atender todas as vítimas. Muitos pacientes estão com fraturas múltiplas e vão ter que passar por cirurgias em centros mais complexos”, explicou.

Segundo a coordenadora, parte das vítimas será encaminhada a um hospital de referência de Avaré e parte irá para o centro médico da Unesp.

Inscreva-se no Canal do Datena no YouTube

De acordo com a capitão Aline do Corpo de Bombeiros, a colisão aconteceu às 6h30. “O ônibus, que ia de Taquarituba para Fartura, teria se chocado de frente com o caminhão. A dinâmica de ultrapassagem, quem estaria na faixa do outro, está sendo verificada. Sabemos que o ônibus bateu de frente e tivemos um acidente grave com vítimas arremessadas para fora e outras presas nas ferragens.”

Informações atualizadas do acidente aqui.

COBERTURA COMPLETA:

Adicionar comentário