Jornalismo verdade é aqui

Fortes chuvas em São Paulo deixam ao menos dois desaparecidos

Bombeiros procuram três desaparecidos após chuvas em São Paulo

Casos aconteceram na Estrada de Taipas, no Jaraguá, e em Guarulhos. As informações são do Brasil Urgente

O Corpo de Bombeiros foi acionado na tarde desta terça-feira (12) para atender ao menos duas ocorrências envolvendo desaparecidos em alagamentos causados pelas fortes chuvas que atingiram São Paulo.  Os casos aconteceram no Jaraguá e em Guarulhos. As informações são do Brasil Urgente.

Leia mais
Prefeito de Manaus: medicamentos defendidos pelo governo já são usados
Garrett: “Independentemente da eficácia da CoronaVac, todos devem tomar”

“Foram cenas tristes. Há muito lixo nas ruas, o que prejudica ainda mais o escoamento das águas. O Corpo de Bombeiros atende dois desaparecimentos, um no Jaraguá e um que chegou a um fim trágico em Guarulhos”, afirmou o capitão André Elias do Corpo de Bombeiros. A vítima em questão é um homem que foi encontrado com vida e chegou a ser atendido pelo Samu, mas não resistiu.

De acordo com ele, o trabalho de busca pela mulher desaparecida no Jaraguá, mais especificamente na Estrada de Taipas, representa uma série de dificuldades.

“Infelizmente ainda não temos nenhuma perspectiva. O Corpo de Bombeiros está fazendo buscas nas margens do rio, mas alguns pontos ali têm difícil acesso. Há uma queda grande no córrego, isso inviabiliza a busca com bote. Também há mais previsão de chuvas e, quando é assim, os bombeiros não entram em galerias. É um procedimento para não colocar a vida deles em risco”, completou.

Inscreva-se no Canal do Datena no YouTube

Adilson Nazário, meteorologista do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da prefeitura da capital, explicou que a chuva desta tarde registrou pouco deslocamento, o que causou grande parte dos transtornos.

“A chuva hoje foi aquela de verão, com deslocamento praticamente nulo. Ela não anda, aí os problemas acontecem. Por volta das 13h já estávamos em estado de atenção e ainda nem chovia tão forte. Houve vários transbordamentos de córregos”, disse. Segundo ele, não choveu igualmente em todas regiões. A Zona Sul, principalmente para baixo de Santo Amaro, não foi tão atingida, enquanto Norte, Oeste, Leste e Centro sofreram mais.

“Agora, estamos retirando o estado de atenção. As chuvas se direcionam para a região de Carapicuíba, Barueri, Taboão da Serra”, disse por volta das 16h25.

Foram feitos também 22 chamados aos bombeiros para quedas de árvores na capital e região metropolitana. Às 17h20, foram confirmados outros dois mortos por choque elétrico.

Adicionar comentário