Jornalismo verdade é aqui

Pai e filha morreram em acidente na mesma rodovia no mês passado

Acidente

Acidente gravíssimo desta quarta-feira não foi caso isolado; um mês atrás, pai e filha morreram em batida na mesma estrada

Um homem de 34 anos e sua filha de 13 morreram em uma colisão entre um carro e uma carreta no dia 12 de outubro deste ano na mesma rodovia em que ocorreu o acidente gravíssimo desta quarta-feira (25) entre Taquarituba e Taguaí, na região de Avaré, interior de São Paulo.

Leia também:
Moradores relatam falta de fiscalização e policiamento em rodovia

Coordenadora: Taquarituba não tem estrutura para atender todos

O acidente foi lembrado por um morador da região e ouvinte da Rádio Bandeirantes que afirmou que esse tipo de ocorrência é frequente por lá.

Na ocasião, o homem perdeu o controle do carro enquanto trafegava pela Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249) e bateu de frente com uma carreta, caindo em seguida em uma ribanceira de cerca de três metros de altura. Os dois morreram no local do acidente. Outros dois passageiros do carro sobreviveram, assim como o motorista da carreta.

Inscreva-se no Canal do Datena no YouTube

Já nesta quarta, o acidente ocorreu entre um ônibus e um caminhão. Foram confirmadas ao menos 41 mortes. Segundo a capitão Aline do Corpo de Bombeiros, a colisão aconteceu às 6h30.

“O ônibus, que ia de Taquarituba para Fartura, teria se chocado de frente com o caminhão. A dinâmica de ultrapassagem, quem estaria na faixa do outro, está sendo verificada. Sabemos que o ônibus bateu de frente e tivemos um acidente grave com vítimas arremessadas para fora e outras presas nas ferragens.”

Informações atualizadas sobre o acidente aqui.

COBERTURA COMPLETA:

2 comentários

  • Alguem ultrapassou a faixa central que sinalizava ” proibida ultrapassagem “, no meu modo de ver, foi a carreta que ultrapassou, porque o onibus ficou na pista e a carreta saiu fora da pista…como se tivesse “ricocheteada” para fora da pista…minha opinião !!!

  • Alguem ultrapassou a faixa central que sinalizava ” proibida ultrapassagem “, no meu modo de ver, foi a carreta que ultrapassou, porque o onibus ficou na pista e a carreta saiu fora da pista…como se tivesse “ricocheteada” para fora da pista…minha opinião !!!